cobranca-de-falta

O Tubarão venceu o Galo pelo placar de 2 a 1


O Tubarão venceu o Galo pelo placar de 2 a 1 na primeira partida do segundo turno.

cobranca de falta

Cobrança de falta para o Parnahyba

Abrindo a primeira rodada da Taça Cidade de Teresina, returno do Campeonato Piauiense a partida entre Parnahyba e River-PI. A bola rolou às 20h no Estádio Municipal Pedro Alelaf, em Parnaíba.

A partida marcou a reestreia do técnico Paulo Moroni no comando do Parnahyba. O treinador está em sua quarta passagem pelo Tubarão.

Depois de ficar fora das semifinais do primeiro turno, o Parnahyba passou mais de 20 dias de março apenas treinando. O recesso forçado motivou mudanças na equipe promovidas pela diretoria.

River poupou vários jogadores para a primeira partida do returno – nove atletas não viajaram a Parnaíba.  A ideia do técnico Capitão foi descansar boa parte do grupo campeão do turno. O Galo Carijó já garantiu vaga na final do piauiense, na Copa Nordeste e Copa do Brasil de 2016.

Primeiro tempo:

O River recorria a faltas duras e foi numa dessas que aos 29 minutos Fabiano foi abraçado, desaba em campo, e juiz marcou falta perigosa que Luciano cobra com categoria e escora para o fundo das redes do goleiro Dalton! O capitão do Tubarão abre o placar no Pedro Alelaf.

Segundo Tempo:

O Tubarão voltou para a segunda etapa disposto a vencer a partida e se possível ampliando o marcador. Para isso foi pra cima do Galo e aos 8 minutos, Patrick abriu jogada pela esquerda, encontra Rian, que cruza. Charles Chenko finaliza de perna direita e surpreende o goleiro Dalton! Tubarão amplia a diferença!

O River não estava morto e com algumas mudanças feitas pelo treinador Capitão a equipe foi crescendo no decorrer da segunda etapa e Diego Lira descontou para o Galo Carijó. Júnior Xuxa, sempre muito perigoso nas suas investidas na defesa do Parnahyba fez triangulação, e a bola sobra para atacante tricolor diminuir a diferença no placar.

Edimar da Silva Leite apitou o jogo auxiliado por Francisco Nurisman Machado Gaspar e Alisson Lima Damasceno. Foi uma arbitragem confusa com reclamações dos dois lados.

Parnahyba

Fábio; Tiago Granja, Marcos Gasolina, Renan e Rian; Ramon, Luciano, Charles, Patrick; Cassiano(Puxinha) e Fabiano(Idelvando). Técnico: Paulo Moroni

River

Dalton, Alex Santos, Índio, Jadson, Amarildo, Marquinhos(Rafinha), Kassio, Junior Xuxa, Lucas Bacelar(Diego