Mulher-Maravilha desbanca Homem de Ferro e Logan na bilheteria brasileira


 


O filme Mulher-Maravilha ultrapassou a marca de R$ 100 milhões arrecadados em bilheteria no Brasil, tornando-se o segundo filme de super-herói solo mais visto na história do país. A informação foi dada pela Warner Bros Pictures, estúdio que produziu o longa. Em sua quarta semana de exibição, a história da heroína já foi vista por cerca de 6 milhões de pessoas em território brasileiro.diniz ferias

O lucro da produção já havia ultrapassado outros grandes sucessos, como Logan, da Fox, que arrecadou em torno de R$ 91 milhões em 2016. Agora, Mulher-Maravilha superou a bilheteria de Homem de Ferro 3, lançado em 2013, lucrando R$ 96 milhões. O número também é uma vitória para a DC Comics, já que até então os filmes mais vistos eram de heróis de sua concorrente, a Marvel.

IMG-20170703-WA0029

No mundo, a trajetória de Diana (interpretada por Gal Gadot) já arrecadou mais de R$ 710 milhões, com o Brasil em terceiro lugar entre os países que mais assistiram o longa. Apesar de todo o sucesso, o filme ainda está atrás de Capitão América: Guerra Civil, que reuniu uma boa parte do elenco de Vingadores e arrecadou R$ 143 milhões.

Confira o ranking das cinco principais bilheterias de filmes solo de heróis no Brasil (Dados do Filme B e da OCA – Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual da ANCINE):

1 – Capitão América: Guerra Civil – R$ 143 milhões
2 – Mulher-Maravilha – R$ 100 milhões
3 – Homem de Ferro 3 – R$ 96 milhões
4 – Logan – R$ 91 milhões
5 – Deadpool – R$ 81 milhões

Recentemente, o site norte-americano Decider noticiou que a atriz Gal Gadot, que também será a Mulher-Maravilha em Liga da Justiça, em novembro, teria recebido US$ 300 mil pelo trabalho no filme solo, um salário bastante inferior ao de homens em outros filmes do universo da DC Comics. Ben Affleck, o atual Batman, tem cachê orçado em cerca de US$ 30 milhões e Henry Cavill, o Superman, recebeu US$ 14 milhões pelo papel em Homem de aço (2013).

Fonte: Diário de Pernambuco