neymar-barcelona-efe2

Neymar defende CR7, cutuca Cruyff e comenta amizade com Messi


Entrevista coletiva de Neymar no Barcelona é um grande evento. Primeiro porque as aparições do atacante diante da imprensa são raras – esta foi a primeira de 2015. Depois porque o brasileiro não costuma fugir das perguntas. Solto, o camisa 11 do Barça não desviou dos questionamentos e falou sobre diversos assuntos: de CR7, a Messi e até a lenda Johan Cruyff.

Neymar apresentou o mais novo patrocinador do Barça, uma empresa brasileira, que já trabalhava com o jogador, e foi trazida ao clube por intermédio da Traffic e da agência de seu pai, a NR Sports. Quando as perguntas começaram, ele foi bombardeado de questões sobre os outros assuntos. Primeiro sobre Cristiano Ronaldo, que joga pelo rival Real Madrid e foi expulso de jogo por agredir um adversário.

– Não sei quanto tempo ele deveria pegar de punição, não trabalho no comitê, e penso na minha equipe. Todos estamos expostos a provocações, intimidações, e você acaba revidando. Não podemos fazer isso. Já aconteceu com Zidane, comigo. Mas é complicado estar dentro de campo, a gente não sabe o que aconteceu exatamente, e ninguém tem sangue de barata – disse o brasileiro, saindo em defesa de CR7.

Esta não foi a única sabatina que Neymar precisou driblar. O atacante também foi perguntado sobre a declaração da lenda Cruyff, que na chegada do brasileiro comentou que a contratação não daria certo porque um barco não pode ter dois capitães, se referindo também a Messi. No último jogo, contra o Elche – vitória por 6 a 0 -, o brasileiro fez dois gols com assistências do argentino.

– Respeito a opinião dele, foi um dos melhores do mundo, mas pode ter se equivocado. Estamos cada vez melhores, e é só o começo. Juntos podemos fazer muita coisa ainda.

Ainda sobre a relação de Messi, que tem melhorado em campo a cada partida, Neymar acredita que evoluiu por conta de como os dois se conversam fora de jogo também.

– Quando você se dá bem fora de campo, dentro dele as coisas fluem naturalmente. A amizade que tenho com Leo (Messi) é muito boa e por isso que as coisas estão acontecendo.

Neymar Barcelona (Foto: Agência EFE)Neymar comentou sobre parceira com Messi durante coletiva de patrocinador (Foto: Agência EFE)

Mas há um novo ‘capitão’ no barco do Barcelona, o uruguaio Suárez. Questionado sobre qual conselho daria ao camisa 9 que não atravessa bom momento, Neymar disse que considera Suárez um dos maiores do mundo, não teria o que adicionar, e completa:

– Não sei se somos o melhor trio de ataque do mundo, mas damos bastante trabalho… – afirmou.

Nesta temporada, Neymar já marcou 19 gols em 24 partidas e, mesmo ainda no meio do ano do futebol europeu, já ultrapassou os número de sua primeira temporada em Barcelona. O próximo desafio do atacante em campo será na quarta-feira, contra o Atlético de Madrid, pelo jogo de volta da Copa do Rei, na casa do adversário.