Tradição da Lusa alerta Moroni na Copa do Brasil: “Time forte e maduro”


Desde quando retornou ao Parnahyba, o técnico Paulo Moroni tratou de estudar a Portuguesa, adversário da estreia do time azulino na Copa do Brasil, nesta quarta-feira, às 20h30, no Pedro Alelaf. Ele acompanhou a luta do time paulista para não ser rebaixado à terceira divisão do Paulistão e as modificações na Lusa, por exemplo, a saída do técnico Ricardinho e a efetivação de Anderson Beraldo, que até então comandava o time sub-20. Apesar da reformulação do rival, Moroni adverte quanto ao formato perigoso da Copa do Brasil, o mata-mata que deixa a classificação aberta, sem muito critério, para clubes em boa ou má fase.
– A Copa do Brasil é um campeonato diferente, um mata-mata simples. Não é um campeonato, ou seja, um jogo onde uma equipe com problemas pode conseguir o resultado. O que esperamos da Portuguesa é um time forte, está com crise em São Paulo, mas é uma comissão nova, com jogadores novos. Quando se dá possibilidade a novos jogadores, temos um time forte. Esperamos um time forte e maduro, mas logicamente sabemos o que devemos fazer, no mínimo, como fizemos nas duas vitórias do estadual dentro de casa. Assim, temos a chance de jogar de igual para igual – explicou Moroni.
O técnico azulino se refere à oscilante campanha do time no estadual. Foram dois jogos convincentes jogando em casa (vitórias em cima de River-PI e Altos) e duas derrotas nada animadoras para Piauí e Cori-Sabbá.
Parnahyba em treino antes de jogo contra Portuguesa (Foto: Didupaparazzo)
– Uma equipe sem vibração, força e determinação não tem resultado. O Parnahyba não será daquele jogo (derrota para o Piauí). Não vamos chegar a fazer novamente aquele tipo de futebol – disse Moroni.
Moroni tem todo o elenco azulino à disposição. Tem apenas dúvidas quanto à escalação de Jessuí e Cassiano. O zagueiro Marcos Gasolina sentiu o joelho no último treino.
– Não vamos mudar muito daquilo que jogamos em casa. Vou analisar ainda o Cassiano, Jessuí, ainda com algum probleminha, e o Gasolina sentiu. Do elenco que tenho, está todo inteiro par fazermos a opção certa.
Fabiano em jogada de bola parada no treino (Foto: Didupaparazzo)
 
Fonte: Globoesporte.com/PI